27 de fevereiro de 2011

Adelino Teixeira


Adelino de Jesus Teixeira nasceu no dia 4 de Junho de 1952 em Oliveira de Azeméis.
Estreou-se a nível Professional no Leixões S.C. na temporada de 1970/71. Representou o clube da cidade de Matosinhos durante quatro temporadas.
Em 1974/75 transferiu-se para o Futebol Clube do Porto.
Adelino Teixeira vestiu a camisola dos Dragões durante as nove temporadas que se seguiram e onde conquistou 1 Taça de Portugal, 2 Campeonatos Nacionais, 2 Supertaças Cândido de Oliveira e 1 Taça Associação de Futebol do Porto.
Era um jogador útil para os treinadores devido à sua capacidade de adaptação a qualquer posição tanto a meio-campo como na defesa.
No final da temporada de 1982/83 deixou o F.C. Porto e rumou ao Bessa. No Boavista F.C. jogou mais duas épocas e meia, já que ingressou ainda no decorrer de 1985/86 no F.C. Penafiel, clube onde terminou a sua carreira de futebolista.

Palmarés
2 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal
2 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Taça Associação de Futebol do Porto

20 de fevereiro de 2011

Taça Cidade de Sevilha

No ano em que se realizou a Exposição Universal de Sevilha 1992, a cidade espanhola da Andaluzia organizou a Taça Cidade de Sevilha.
Nesse torneio participaram para além das duas equipas da Andaluzia (Sevilha F.C. e o Real Bétis), o F.C. Barcelona, Atlético de Madrid, Vasco da Gama e o Futebol Clube do Porto.
No primeiro encontro, os Dragões levaram de vencida a equipa do Sevilha F.C. por 2-0, enquanto que no segundo jogo o resultado final foi em empate 2-2 contra o Atlético de Madrid, mas que ainda assim valeu ao F.C. Porto a chegada à final do torneio onde encontrou o Real Bétis.
E na final os portistas conquistaram nova vitória por 2-0 e dessa forma trouxeram para a cidade Invicta o belo troféu que estava em disputa.

13 de fevereiro de 2011

Estádio do Prater


Inaugurado em 1931, o Estádio do Prater foi alvo de profundas alterações e remodelações que dotaram aquele recinto (tal como o Estádio do Dragão), como um dos poucos estádios cinco estrelas da Europa, classificação máxima atribuída pela UEFA.
A sua remodelação permitiu-lhe oferecer 50 mil lugares sentados e cobertos, para além de ter sido dotado das mais recentes tecnologias e infra-estruturas, sendo frequentemente utilizado como palco de grandes competições e eventos culturais. Situado na maior zona de lazer da cidade, o Prater, o estádio fica muito perto do Rio Danúbio, o principal ex-libris natural de Viena, rio que permitiu a Viena desenvolver-se e tornar-se no principal centro urbano, económico, político e social da Áustria.
Em 1992 passou a designar-se Estádio Ernst Happel, como forma de homenagear o antigo jogador e treinador austríaco.
O Estádio da cidade de Viena vai também ficar na história do Futebol Clube do Porto. Pois foi nesse belo recinto que os Dragões conquistaram pela primeira vez uma prova internacional ao baterem os alemães do F.C. Bayern de Munique por 2-1 na Final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1987.
Os portistas voltaram ao Prater no dia 31 de Outubro de 2002 para defrontarem e vencerem o Áustria Wien por 1-0.
Mais recentemente, no dia 2 de Dezembro de 2010 o F.C. Porto regressou à capital da Áustria para medir forças com o Rapid Vienna e o resultado voltou a sorrir aos azuis e brancos.
Um Estádio de alguma forma talismã ao F.C. Porto que soma em vitórias as suas três deslocações ao Prater.

Jogos do F.C. Porto
27 Maio 1987: F.C. Porto 2-1 F.C. Bayern Munique
31 Outubro 2002: Áustria Wien 0-1 F.C. Porto
2 Dezembro 2010: Rapid Vienna 1-3 F.C. Porto

6 de fevereiro de 2011

Nascimento Cordeiro

José Maria Nascimento Cordeiro foi o 30º Presidente da história do Futebol Clube do Porto. Entre os anos de 1961 e 1965.
Em 1961 o clube atravessava sérias dificuldades financeiras. Foi então eleita uma Comissão Administrativa e o novo Presidente, Nascimento Cordeiro, conseguiu recuperar as finanças do clube numa época bastante difícil, já que qualquer que fosse a despesa necessária, era sempre um enorme problema.
Ainda assim foi no seu mandato que procedeu à iluminação do Estádio das Antas. A inauguração foi no dia 1 de Setembro de 1962 e o convidado foi o Club Atlético de Bilba.
Foi ainda durante o seu mandato que os portistas conseguiram a primeira vitória em provas da UEFA, aconteceu no dia 16 de Setembro de 1964 quando o O. Lyon perdeu por 3-0 na visita ao Estádio das Antas.