31 de outubro de 2011

Estádio Olímpico de Tóquio



O Estádio Olímpico de Tóquio foi inaugurado no ano de 1958, tendo recebido nesse mesmo ano os Jogos Asiáticos.
Em 1964 foi o recinto dos XVII Jogos Olímpicos de Verão, a primeira vez em que o evento se realizou no continente asiático.
Entre 1993 e 1998 recebeu a final da Liga Japonesa de Futebol Profissional e em 2009 realizou a final da Liga dos Campeões da Ásia.
Entre 1980 e até 2001 foi o palco da Taça Intercontinental e assim no ano de 1987 recebeu a visita do Futebol Clube do Porto (Campeão da Europa) e do A.C. Peñarol (Campeão da América do Sul).
No dia 13 de Dezembro desse ano e sobre um relvado coberto de neve, o F.C. Porto venceu por 2-1 a formação uruguaia e conquistou pela primeira vez o título de Campeão Intercontinental. Valeram os golos de Fernando Gomes, a fechar a 1ª parte e do argelino Rabat Madjer já no porlongamento.

24 de outubro de 2011

Tarik Sektioui


Tarik Sektioui nasceu no dia 13 de Maio de 1977 em Fés, Marrocos.
Estreou-se a nível profissional no clube da sua terra natal, o Maghreb Association Sportive Fés, na temporada de 1996/97. No ano seguinte rumou a França para ingressar no A.J. Auxerre e por lá ficou durante uma época e meia. A meio do campeonato de 1998/99 foi emprestado pelo clube francês ao C.S. Marítimo. Na temporada seguinte mudou de clube e passou a vestir a camisola dos suíços do Neuchâtel Xamax F.C. Em 1999/2000 transferiu-se para o Willem II da Holanda, onde permaneceu durante cinco temporadas. Em 2004/05 mudou de ares e passou a vestir a camisola do AZ Alkmaar.
Na temporada de 2006/07 chegou ao Futebol Clube do Porto, no entanto acabou por ser emprestado a meio dessa temporada aos holandeses do R.K.C. Waalwijk. Na época seguinte regressou ao Dragão para se afirmar no plantel portista tendo feito boas exibições e apontado alguns bons golos, como aquele frente ao O. Marselha no estádio do Dragão numa partida a contar para a Liga dos Campeões, em que depois de ter deixado para trás cinco adversários, abriu o caminho para a vitória do F.C. Porto.
Tarik deixou os Dragões no final da temporada de 2008/09. Nos três anos que representou o F.C. Porto foi sempre campeão, venceu uma Taça de Portugal e ainda uma Supertaça Cândido de Oliveira.
Em 2009/10 ingressou no Ajman Club dos Emirados Árabes Unidos e na temporada seguinte voltou a Marrocos e ao seu primeiro clube o Maghreb Association Sportive Fés, onde terminou a sua carreira.

Palmarés
3 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
1 Tala de Portugal
1 Supertaça Cândido de Oliveira

17 de outubro de 2011

Costuras


José Monteiro (Costuras), nasceu no dia 23 de Outubro de 1913 em Sesimbra.
Desconhece-se onde terá começado a jogar futebol e em que clube, o que se sabe é que na temporada de 1933/34, ingressou no Boavista F.C. tendo representado o clube do Bessa durante quatro épocas onde se sagrou Campeão Nacional da II Divisão na época de 1936/37.
Em 1937/38 chegou ao Futebol Clube do Porto e logo passou a ser um dos principais jogadores da equipa orientada por Mihaly Siska.
Na temporada seguinte, ainda com a camisola dos Dragões, Costuras confirmou o que tinha mostrado na temporada anterior e ainda foi ele o melhor marcador do campeonato, com 18 golos marcados, ajudando o F.C. Porto a conquistar o primeiro campeonato da Primeira Divisão.
Venceu também o Campeonato do Porto nas duas temporadas em que esteve ao serviço dos Dragões.
Depois dessa temporada de 1938/39, Costuras deixou o F.C. Porto e tal como no início, não se conhece o caminho que levou a sua vida.

Palmarés
1 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato Nacional da 2ª Divisão (Portugal)
2 Campeonatos do Porto

2 de outubro de 2011

Relicário

A terra dos três anteriores estádios que pertenceram ao Futebol Clube do Porto, Rainha, Constituição e Antas, foi colocada neste belo relicário, que está “guardada” por dois dragões em cada uma das cabeceiras.
Esta bonita peça pode ser vista no museu do Futebol Clube do Porto.