28 de setembro de 2012

Futebol Clube do Porto 119 Anos


Parabéns ao Futebol Clube do Porto, o clube mais bem sucedido de Portugal, pelos seus 119 anos de história.

24 de setembro de 2012

Aviva Stadium


O Aviva Stadium é um moderno estádio situado em Dublin na Irlanda no mesmo local onde existia o antigo Lansdowne Road. O actual nome do recinto é resultado de uma parceria com a duração de dez anos, que foi assinada em 2009 pelo Grupo Aviva, uma das maiores empresas seguradoras do Reino Unido.
Conhecido também como Dublin Arena, tem capacidade para cerca de 51.700 espactadores.
O estádio começou a ser construído em 2007 e ficou pronto três anos mais tarde para ser inaugurado no dia 14 de Maio de 2010.
É neste estádio que a Selecção Nacional da Irlanda, tanto de futebol como de râguebi, disputam a maior parte das suas partidas.
Apesar de ainda ter poucos anos, o Aviva Stadium já entrou para a história do futebol português, isto porque no dia 18 de Maio de 2011, foi o palco da Final da Liga Europa que colocou frente a frente, pela primeira vez numa final europeia, dois clubes portugueses, nomeadamente o Futebol Clube do Porto e o Sporting Clube de Braga.
Os Dragões venceram a partida por 1-0, com um golo de autoria de Radamel Falcao, e trouxeram pela sétima vez na sua história um troféu internacional para a cidade do Porto.

16 de setembro de 2012

Hulk

Givanildo Vieira de Souza (Hulk), nasceu no dia 25 de julho de 1986 em Campina Grande, Brasil.
Começou a jogar futebol no Grêmio Recreativo Serrano, um pequeno clube de Campina Grande. Em Dezembro de 2001 e com apenas 15 anos chega a Portugal para jogar nos juniores do Vilanovense F.C. mas viu-se obrigado a regressar ao Brasil em 2002, depois de uma breve passagem também pelos juniores do São Paulo F.C. acabou por ingressar nos sub-17 do Esporte Clube Vitória e foi no emblema de Salvador da Bahia que passou a senior no ano de 2004, tendo conquistado o Campeonato Baiano nesse mesmo ano. No ano seguinte rumou ao Japão onde esteve durante três anos e meio, tendo jogado no Kawasaki Frontale, Consadole Sapporo e no Tokyo Verdy F.C.
No início da temporada de 2008/09 regressou a Portugal para jogar no Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 16 de Agosto de 2008 no Estádio do Algarve, em Faro, onde os portistas defrontaram o Sporting C.P. no jogo da Supertaça Cândido de Oliveira, que os leoninos venceram por 2-0.
Hulk representou o F.C. Porto durante quatro temporadas completas, e ainda no início da época de 2012/13 onde participou em 3 partidas oficiais e apontou 2 golos.
Sagrou-se por 4 vezes Campeão Nacional (2008/09, 2010/11, 2011/12 e 2012/13), conquistou 4 Supertaças Cândido de Oliveira (2009/10, 2010/11, 2011/12 e 2013/14), venceu 3 Taças de Portugal (2008/09, 2009/10 e 2010/11) e a Liga Europa em 2010/11, quando o F.C. Porto derrotou o S.C. Braga por 1-0 na final em Dublin.
Foi o melhor marcador do Campeonato Nacional de 2010/11. Melhor jogador da Campeonato Nacional em 2010/11 e 2011/12 e eleito o jogador do mês do Campeonato Nacional por 9 vezes.
Hilk jogou de Dragão ao peito em 170 jogos oficiais, marcou 78 golos e conquistou 12 Títulos.
Em setembro de 2012 foi transferido para o F.K. Zenit Sankt-Peterburg, no que foi a maior transferência nacional de sempre e a quinta maior do mundo. Sagrou-se Campeão da Russia em 2014/15, venceu a Supertaça da Russia em 2015/16 e a Taça da Russia também em 2015/16. No verão de 2016 rumou à China para vestir a camisola do Shangai SIPG F.C.
Hulk representou também a Selecção do Brasil por 48 vezes e marcou 11 golos. Esteve presente nos Jogos Olímpicos de 2012 em Londres onde conquistou a medalha de prata, tendo apontado um golo na final que foi insuficiente para vencer a medalha de ouro. Já em Junho de 2013 conquistou a Taça das Confederações no Brasil. Marcou presença também no Campeonato do Mundo de 2014 no Brasil e esteve presente na Copa América de 2016.

Palmarés
1 Taça das Confederações
1 Liga Europa
4 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato da Russia
3 Taças de Portugal
3 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Campeonato Baiano
1 Taça da Russia
1 Supertaça da Russia
1 Medalha de Prata Olímpica

10 de setembro de 2012

Porcel

Antonio Jose Porcel nasceu no dia 13 de junho de 1925 em Buenos Aires na Argentina.
Começou por jogar no clube da sua cidade o C.A. Huracán. viajou depois para o México onde defendeu a camisola do Club Puebla tendo-se transferido depois para o Club Leon onde conquistou o campeonato mexicano por três vezes. Depois atravessou o Atlântico e chegou a Portugal para jogar no S.C. Covilhã, mais tarde rumou a França para ingressar no F.C. Metz.
Em 1953 regressou a Portugal para vestir a camisola do Futebol Clube do Porto.
A sua estreia com a camisola azul e branca aconteceu no dia 18 de Outubro de 1953 no Campo da Estrela em Évora onde os portistas defrontaram o Lusitano Ginásio Clube de Évora (vitória 3-0 para os alentejanos), num jogo a contar para a 3ª jornada do Campeonato Nacional da época de 1953/54.
Apesar de não ter conquistado nenhum título ao serviço dos Dragões, Porcel pode-se orgulhar de no dia 17 de abril de 1954, ter participado numa partida de caráter particular, na qual o F.C. Porto venceu o Real Madrid C.F. onde atuava o seu compatriota Di Stéfano, por 5-2. No final do encontro os espanhóis ficaram espantados pelo facto do F.C. Porto ocupar o quinto lugar no campeonato já que mostraram qualidade para serem campeões.
Qualidade que ficou bem patente no dia 1 de dezembro do mesmo ano de 1954 quando o F.C. Porto se deslocou a Lisboa a convite do S.L. Benfica para a inauguração do Estádio da Luz. Os Dragões venceram por 3-1 e trouxeram para a cidade do Porto o Troféu Cosme Damião, um dos fundadores do clube lisboeta. Um outro caso, desta vez mais caricato e algo dramático, aconteceu no final do campeonato nacional de 1953/54. Os Dragões jogavam no terreno do Atlético C.P. e Porcel durante quase uma hora fez figura de corpo presente, sangrando do nariz, Sacrifício para livrar a mulher de trabalhos, que estava à beira da gravidez.
Porcel acabou por ser afastado do F.C. Porto no início da temporada de 1955/56 pelo novo treinador, o brasileiro Dorival Knippel (Yustrich), por ousar discutir os seus métodos e o seu trabalho e rumou ao S.C. Salgueiros.
Ao serviço do F.C. Porto, Porcel disputou 36 partidas oficiais e marcou 2 golos.
Regressou mais tarde à Argentina.