23 de abril de 2012

Gomes da Costa


Francisco Gomes da Costa nasceu no dia 25 de Fevereiro de 1919 em Vila Pouca de Aguiar.
Na temporada de 1936/37 ingressou na equipa principal do Futebol Clube do Porto, quando contava com 17 anos de idade. Por essa altura conciliava o futebol com os estudos, já com a intenção de vir a ser médico dentista. Foi essa a razão para ter deixado o futebol para segundo plano e não ter participado em nenhum jogo na temporada de 1938/39.
Logo na sua primeira temporada ao serviço do F.C. Porto conquistou o Campeonato de Portugal. O F.C. Porto foi a Coimbra vencer o Sporting C.P. na final por 3-2.
Em 1939/40 sagrou-se Campeão Nacional.
Venceu também o Campeonato do Porto por nove vezes.
Jogou sempre com a camisola dos Dragões até à temporada de 1946/47, quando terminou a carreira de futebolista. Foram dez temporadas onde sempre honrou a camisola do F.C. Porto.
Representou também a Selecção Nacional numa partida contra a Espanha em 1945.
Depois de deixar o futebol abraçou a carreira de médico e mais tarde, em 1964, foi Presidente da Câmara de Vila Pouca de Aguiar. Como prova de reconhecimento pelo seu trabalho em prol da vila do Distrito de Vila Real, tem o seu nome no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal.

Palmarés
1 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato de Portugal
9 Campeonatos do Porto

16 de abril de 2012

Avelino Martins


Avelino da Silva Martins nasceu no dia 11 de Maio de 1904 em São Mamede de Infesta, Matosinhos.
Estreou-se na equipa principal do Futebol Clube do Porto na temporada de 1928/29, tendo vestido a camisola dos Dragões durante nove temporadas.
Jogando a defesa, esteve presente no campeonato de Portugal de 1931/32, onde o F.C. Porto derrotou o C.F. Belenenses por 2-1, na finalíssima disputada em Coimbra, depois de duas semanas antes terem empatado 4-4.
Na época de 1934/35, Avelino Martins sagrou-se Campeão Nacional.
Venceu ainda o Campeonato do Porto por nove vezes.
Marcou também presença nas duas maiores goleadas que o F.C. Porto aplicou aos seus dois maiores rivais. No dia 28 de Maio de 1933, no Campo da Constituição, os portistas despacharam o S.L. Benfica com um contundente 8-0. Já em 1936, a 22 de Março e também no Campo da Constituição, o Sporting C.P. saiu vergado perante uns 10-1.
Esteve ainda em jogos particulares que ficaram para a história do clube, como a vitória sobre o R.C. Celta de Vigo por 6-2 no Campo da Constituição no dia 26 de Janeiro de 1930. Ainda a vitória defronte do R.C. Deportivo de La Coruña por 6-0 no Campo da Constituição no primeiro dia do ano de 1931. Esteve na equipa portista que venceu a formação do C.R. Vasco da Gama por 2-1 no Estádio do Lima no dia 26 de Julho de 1931, tendo sido a primeira vez que uma equipa portuguesa triunfava sobre uma brasileira. Já no dia 12 de Maio de 1935 festejou a vitória sobre o campeão espanhol, Real Betis de Sevilha por 4-2 no Campo do Ameal.
Avelino Martins representou também a Selecção de Portugal por oito vezes.
Faleceu no dia 30 de Deze,bro de 1982.

Palmarés
1 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato de Portugal
9 Campeonatos do Porto

9 de abril de 2012

Armando


Armando Pereira da Silva nasceu no dia 11 de Outubro de 1938 no Porto.
Depois de ter passado pelas escolas do Futebol Clube do Porto, Armando estreou-se na equipa principal portista na temporada de 1957/58. Logo nessa época esteve presente (como guarda-redes suplente), na Final da Taça de Portugal em que o F.C. Porto venceu o S.L. Benfica por 1-0.
Armando representou os Dragões nas duas temporadas seguintes tendo vencido por duas vezes a Taça Associação de Futebol do Porto, mas no final do campeonato de 1959/60 deixou as Antas para cumprir o serviço militar e ingressou no Gil Vicente F.C.
Foi depois obrigado a seguir para a guerra colonial em Angola onde representou o Ferroviário de Malange.
No regresso a Portugal, vestiu a camisola do S.C. Salgueiros em 1963/64.
Na temporada seguinte transferiu-se para o S.C. Braga tendo-se mantido na cidade dos arcebispos por cinco temporadas e onde venceu a sua segunda Taça de Portugal em 1965/66, tendo sido titular na vitória sobre o V. Setúbal.
Em 1970/71, Armando regressou ao F.C. Porto para defender a baliza portista e substituir o antigo guardião Américo. Manteve-se nas Antas até ao final da temporada de 1972/73, altura em que já não era titular.
Na época de 1973/74, voltou ao S.C. Braga onde jogou durante duas temporadas para depois terminar a carreira no final de 1974/75.
Armando representou ainda a Selecção Nacional Militar, a Selecção B Nacional e a Selecção A onde foi suplente em cinco partidas.
Mais tarde passou a assumir o cargo de treinador em equipas de menor dimensão.
Foi premiado pela Federação Portuguesa de Futebol com a Medalha de Comportamento Exemplar por nunca lhe ter sido aplicado nenhum castigo.

Palmarés
2 Taças de Portugal
2 Taças Associação de Futebol do Porto

Fonte: longara.blogspot.pt

2 de abril de 2012

Estádio Internacional Yokohama


O Estádio Internacional de Yokohama, ou Nissan Stadium, situa-se a cerca de seis quilómetros da cidade japonesa de Yokohama e foi inaugurado em Março de 1998.
O recinto que foi um dos estádios utilizados para o Campeonato do Mundo de Futebol do 2002 e onde se realizou a Final entre o Brasil e Alemanha, tem capacidade para 73.237 espectadores. É o maior estádio do Japão.
O Estádio passou a receber desde 2002 as partidas da Taça Intercontinental, que em 2005 passou a designar-se: Taça do Mundo de Clubes FIFA e alargou-se a mais quatro clubes, para além das duas já habituais.
Em Dezembro de 2004, no dia 12, o Futebol Clube do Porto viajou pela segunda vez na sua história, como Campeão Europeu, até ao Japão, para medir forças contra o Campeão Sul-Americano. O C.D. Once Caldas da Colômbia.
Depois de um empate a zero que permaneceu nos 90 minutos de jogo e também após os 30 minutos de prolongamento e onde o guardião colombiano por diversas vezes viu a bola a embater ou nos postes ou na barra da sua baliza e também dois golos anulados ao F.C. Porto. A decisão foi conhecida pela marcação de grandes penalidades, aí os Dragões foram mais felizes e venceram a ultima Taça Intercontinental.