25 de junho de 2012

Carlos Pereira

Carlos de Jesus Pereira nasceu no dia 3 de Setembro de 1911.
Chegou ao Futebol Clube do Porto (proveniente do vizinho Boavista F.C.), na temporada de 1933/34.
Permaneceu oito temporadas, ininterruptas, ao serviço do F.C. Porto. Nesse período de tempo ajudou a conquistar três Campeonatos Nacionais (1934/35, 1938/39 e 1939/40), o Campeonato de Portugal na época de 1936/37, onde os Dragões defrontaram e venceram o Sporting C.P. por 3-2 na final disputada em Coimbra a 4 de Julho de 1937. E ainda seis Campeonatos do Porto (1933/34, 1934/35, 1935/36, 1936/37, 1937/38 e 1938/39).
A todos esses Títulos Nacionais, Carlos Pereira juntou várias vitórias importantes, tais como a vitória sobre o S.L. Benfica por 8-0 numa partida a contar para os Quartos-de-Final do Campeonato de Portugal de 1932/33. Ainda os 3-0 com que os austriacos do First Viena sairam derrotados do Campo do Ameal em Janeiro de 1934. A vitória sobre o Atlético de Madrid por 4-1 no dia 17 de Janeiro de 1934. Já em Abril de 1935 foi o Wacker de Viena que saiu vergado do Campo do Ameal por uns 5-2. Em Setembro de 1935 foi o campeão espanhol Real Betis de Sevilha que regressou a Espanha depois de uma goleada sofrida no Campo do Ameal por 5-2. Em Março de 1936, vitória histórica sobre o Sporting C.P. por 10-1, jogo disputado no Campo do Ameal.
Na temporada de 1940/41 rumou a Lisboa para ingressar no C.F. Unidos tendo terminado a carreira no final dessa mesma temporada.
Carlos Pereira representou também a Seleção Nacional por 13 vezes.

Palmarés
3 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão
1 Campeonato de Portugal
6 Campeonato do Porto

fonte: Dragões de Azul Forte – Fernando Moreira

18 de junho de 2012

Pedro Themudo

Pedro Themudo nasceu no dia nasceu no dia 21 de outubro de 1907.
Filho de um tenente-coronel, Pedro Themudo também seguiu a carreira militar onde chegou a oficial do exército.
A sua carreira de futebolista, ao serviço do Futebol Clube do Porto, durou dez temporadas, entre 1924/25 até 1933/34. Nesse período de tempo ajudou a conquistar os Campeonatos de Portugal de 1924/25 e 1931/32 e também dez Campeonatos do Porto.
Themudo que era um defesa central de elevada estatura (diz-se que cerca de dois metros), representou ainda a Seleção Nacional. Foi apenas numa partida, contra a Itália num jogo particular no dia 1 de dezembro de 1929 em Milão, tendo os italianos vencido por 6-1.

Palmarés
2 Campeonatos de Portugal
10 Campeonatos do Porto

11 de junho de 2012

Troféu Juan Acuña

O Trofeu Juan Acuña era um torneio de pré-época, organizado pelo R.C. Deportivo de La Coruña, para homenagear aquele que foi considerado o melhor guarda-redes do clube. Juan Acuña.
Conhecido como Xanetas, jogou toda a sua carreira no clube da Galiza. Fez a estreia em 1940 e retirou-se em 1959. Foi por quatro vezes o guardião menos batido do campeonato entre as temporadas de 1941/42, 1942/43 e 1949/50, 1950/51.
O torneio teve inicio no ano de 1989 e a ultima edição aconteceu em 2007. Foi sempre disputado entre o R.C. Deportivo e outro clube convidado, à exepção do ano de 2005 em que se realizou um triangular entre a formação principal e a equipa B da casa e os ingleses do Birminghan City, já em 2006 foi disputado por duas equipas de veteranos do clube organizador e em 2007 voltou à formatura original.
Nos 18 anos em que se disputou o troféu, o Futebol Clube do Porto foi por duas vezes convidado. A primeira vez foi em 1996 e a segunda em 2003. Das duas vezes os Dragões trouxeram o belo troféu para casa.
Em 1996 a partida terminou empatada 1-1 e a vitória foi decidida na marcação de grandes penalidades.
Em 2003 o resultado foi 2-0 com Benny McCarthy e Edgaras Jankauskas a serem os autores dos golos.

4 de junho de 2012

Angelo Carvalho

Angelo Ferreira de Carvalho nasceu no dia 3 de agosto de 1925.
Ingressou no Futebol Clube do Porto na temporada de 1943/44 e vestiu a camisola azul e branca até à época de 1954/55.
Foram doze anos ao serviço dos portistas onde conquistou o Campeonato do Porto por quatro vezes (1943/44, 1944/45, 1945/46 e 1946/47) e a Taça Associação de Futebol do Porto em 1947/48. Alcançou ainda várias vitórias brilhantes em jogos particulares. A primeira foi no dia 3 de Julho quando os portistas receberam e venceram o Real Madrid C.F. por 4-1, também em 1947 quando o F.C. Porto foi ao terreno do Valência C.F. vencer por 1-0 o campeão espanhol. Em 1948, no estádio do Lima, os Dragões receberam e bateram o Arsenal F.C. por 3-2. Já em 1949, em Abril, vitória sobre o Viena Austria por 3-0 no Campo da Constituição e em Dezembro triunfo por 3-1 sobre o R.C. Deportivo de La Coruña no Estádio do Lima.
No dia 28 de Maio de 1952 esteve presente na inauguração do Estádio das Antas. Quatro dias mais tarde, a 1 de Junho foi títular na equipa que alinhou pela primeira vez num jogo oficial no Estádio das Antas, no caso contra o Sporting C.P. uma partida a contra para a 1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal que o F.C. Porto venceu por 2-0.
Ângelo Carvalho, que era defesa-esquerdo, chegou a ser capitão da equipa do F.C. Porto. em 1955 e com a chegada do novo treinador, Yustrich, foi afastado do grupo por questionar o trabalho e os métodos assumidamente ditatoriais do novo técnico. Foi dispensado e ingressou no S.C. Salgueiros.
Ângelo Carvalho foi ainda internacional e representou a Seleção Nacional por 15 ocasiões.

Palmarés:
4 Campeonatos do Porto
1 Taça Associação de Futebol do Porto