29 de julho de 2013

Eduardo Dumont Villares

Eduardo Dumont Villares, primo do aeronauta Santos Dumont (que foi o primeiro Homem a projectar, construir e voar em balões dirigíveis com motor a gasolina), foi um dos primeiros futebolistas do Futebol Clube do Porto.
Dumont Villares foi um dos titulares da equipa que recebeu pela primeira vez um clube estrangeiro em Portugal, quando no dia 15 de dezembro de 1907 o F.C. Porto teve a visita do Real Fortuna de Vigo.
O atletismo também era modalidade que praticava, principalmente os 110 metros barreiras e o salto em altura, conseguindo a marca de 1,55 metros nesse mesmo ano de 1907.
Outra modalidade onde se destacou foi na natação. É do ano de 1908 o primeiro registo de uma vitória portista na natação, quando Eduardo Dumont Villares venceu a Taça Leixões.
Mais tarde passou a ser um dos dirigentes do F.C. Porto e foi o primeiro Presidente da Assembleia Geral.
Em 1930 foi eleito Presidente do F.C. Porto, cargo que exerceu até 1931.
Foi eleito novamente em 1934, tendo presidido os destinos do clube até ao ano de 1936. Foi nesse seu segundo mandato que os portistas venceram a primeira edição do Campeonato Nacional na temporada de 1934/35.

22 de julho de 2013

Vital

Francisco António Lucas Vital, nasceu no dia 27 de Junho de 1954 em Braga.
Iniciou a sua aventura no mundo do futebol na temporada de 1968/69 nos juvenis do Caldas S.C., clube onde também jogou na temporada seguinte mas já no escalão de júnior. Passou depois as três épocas seguintes ainda nos juniores, mas do S.L. Benfica.
Na temporada de 1973/74, a sua primeira como sénior, jogou pelo F.C. Famalicão. Transferiu-se depois para o G.D. Riopele onde jogou entre 1974/75 a 1976/77.
Em 1977/78 ingressou no Futebol Clube do Porto.
Chegou às Antas na hora certa já que fez parte do plantel que venceu o campeonato nacional dezanove anos depois da então ultima conquista. Nessa temporada e em vinte partidas que disputou, conseguiu apontar cinco golos.
Na época de 1978/79 sagrou-se de novo Campeão Nacional, onde disputou vinte e três jogos, tendo apontado sete golos.
Na temporada seguinte disputou apenas doze partidas, com seis golos apontados, já que se transferiu, a meio da época, para o Real Betis de Sevilha.
Regressou a Portugal no início da época de 1980/81. Foi jogar para o S.L. Benfica onde venceu o campeonato nacional e a Taça de Portugal.
Na temporada seguinte ingressou no Boavista F.C. Depois passou pelo S.C. Farense, C.F. Belenenses, F.C. Tirsense e em 1985/86 ingressou no F.C. Vizela, onde jogou três temporadas e onde terminou a carreira de futebolista no final da época de 1987/88.
Foi por uma vez internacional, na partida que Portugal disputou contra a Selecção do Chipre, em 1977. Contribuiu com um golo para a vitória nacional por 4-0.
Passou depois a treinador onde orientou vários clubes, com destaque para a passagem que teve pelo Sporting C.P. 1997/98.

Palmarés
3 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal

8 de julho de 2013

Troféu Daihatsun

Em Julho de 2007, o Futebol Clube do Porto viajou até Itália para disputar o torneio comemorativo dos 100 anos do Atalanta B.C.
A juntar aos Dragões e à formação anfitriã, esteve ainda presente a equipa do Estrela Vermelha de Belgrado.
Este torneio triangular, que foi disputado no estádio “Atleti Azzuri D´italia”, teve a curiosidade de cada equipa disputar apenas 45 minutos de jogo entre si, para ver quem arrecadava o Troféu Daihatsun, nome do patrocinador da formação da casa na época.
O F.C. Porto com duas vitórias por 1-0, primeiro frente aos sérvios e depois contra os italianos, trouxe assim para a cidade Invicta a bela taça que estava em disputa.
Os golos das duas vitórias dos Dragões foram apontados por Adriano e por Lisandro López, respectivamente.

1 de julho de 2013

João Moutinho

João Filipe Iria Santos Moutinho nasceu no dia 8 de Setembro de 1986 em Portimão.
Com apenas sete anos começou a jogar nas escolas do Portimonense S.C. clube que representou até ao ano de 1999. Ainda nesse ano transferiu-se para o Sporting C.P. onde fez todos os escalões de formação até integrar o plantel principal leonino na temporada de 2004/05. Nessa sua primeira época como profissional, ganhou o prémio de “Jogador Revelação do Campeonato”. Um prémio que já adivinhava a regularidade e as boas exibições que viria a apresentar nos anos seguintes.
Esteve seis temporadas ao serviço do Sporting C.P. onde conquistou duas Taças de Portugal e duas Supertaças Cândido de Oliveira.
Em 2010/11 ingressou no Futebol Clube do Porto, com os portistas a desembolsarem 11 milhões de euros, no que foi a mais cara transferência de sempre entre clubes nacionais.
Apelidado de “maça podre” pelos dirigentes do clube de Alvalade, João Moutinho passou desde logo a impor-se na equipa comandada por André Villas-Boas e os títulos não demoraram a chegar. Começou logo em Agosto com a conquista da Supertaça Cândido de Oliveira, para terminar da melhor forma a sua primeira temporada de azul e branco ao vencer o Campeonato Nacional, a Taça de Portugal e a Liga Europa.
A temporada seguinte começou tal como a anterior, com a vitória na Supertaça Cândido de Oliveira e terminou com a conquista de mais um Campeonato Nacional.
Em 2012/13 e para não fugir à regra a época dos portistas teve início com mais uma Supertaça conquistada. O campeonato foi mais disputado do que os anteriores mas no final, João Moutinho sagrou-se Tricampeão.
Foram três temporadas de Dragão ao peito com oito títulos conquistados, onde se tornou um dos símbolos do F.C. Porto tendo ganho o respeito dos sempre exigentes sócios portistas.
No final da época de 2012/13, transferiu-se para o A.S. Mónaco.
João Moutinho representou a Selecção Nacional por várias vezes. Marcou presença no Campeonato do Mundo de 2014 (Brasil) e nos Campeonatos da Europa de 2008 (Austria e Suiça), 2012 (Polónia e Ucrania) e 2016 (França) onde Portugal se sagrou Campeão da Europa.

Palmarés
1 Campeonato da Europa Selecções (Portugal)
1 Liga Europa
3 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
3 Taças de Portugal
5 Supertaças Cândido de Oliveira